O que fazer em Santos e Região

Feriado na Baixada Santista: o que fazer

Separamos 24 sugestões de passeios para o feriado na Baixada Santista. São atrações nas nove cidades, para os dias de sol, frio e chuva. Veja, abaixo, o que fazer na região no próximo feriado.

Feriado em Santos

Um passeio pelo Museu de Arte Sacra de Santos

No feriadão, vale conhecer uma das mais importantes instituições museológicas de Arte Sacra do Brasil. O Museu de Arte Sacra de Santos está instalado no antigo conjunto arquitetônico do Mosteiro de São Bento e Capela de Nossa Sra. do Desterro, construídos há mais de 300  anos. O Museu atua desde 1981, apresentando aos visitantes a vida beneditina, e a relação histórica entre a arte sacra e o crescimento da região. Além disso, o museu possui relevantes esculturas da arte sacra brasileira. R. Sta. Joana D’arc, 795, no Morro São Bento, em Santos. Das 10h às 17h, com entrada a R$ 5,00. Informações: (13) 3219.1111

Um tour pela Pinacoteca Benedicto Calixto

Um casarão de arquitetura art noveaux, de 1900, que também já foi moradia de importantes famílias na época áurea do café. Dá para visitar as exposições e curtir uma tarde romântica nos bancos em meio ao lindo jardim, de graça. Ou ainda sentar no charmosíssimo Bistrô Calixto e tomar um vinho, um café ou um chá. Fica na Av. Bartolomeu de Gusmão, 15, no Boqueirão e funciona de terça a domingo, das 9h às 18h, mas o Bistrô está aberto das 8h às 22h, com entrada pelas costas da Pinacoteca, na Epitácio Pessoa. (já falamos sobre a Pinacoteca aqui)

pinacoteca: feriado na Baixada Santista

Um combo Orquidário + Aquário por R$ 8

Dois dos mais conhecidos atrativos turísticos de Santos podem ser visitados pagando apenas R$ 8 por pessoa. Um passeio romântico e em total sintonia com a natureza. O Orquidário é um parque com 24 mil metros quadrados de área verde e animais por todos os lados (Praça Washington, s/nº, no José Menino) e o Aquário é o segundo parque público em visitação no estado de São Paulo, com milhares de animais, de águas doce e salgada, incluindo o gracioso leão-marinho, Abaré Inti (Praça Luiz La Scala, s/nº, na Ponta da Praia).

Quermesses no feriado

A Quermesse da Gota de Leite vai até 25 de junho, às sextas e sábados, das 18h30 à meia-noite, e domingos e feriados, das 18h30 às 22h, com ingressos a R$ 3,00 e renda revertida para as instituições participantes.

A  Quermesse do Morro da Nova Cintra, suspensa desde 2015, também já começou. Organizada pela Paróquia São João Batista, a festa continua na Praça Guadalajara e vai de 09 de junho a 16 de julho, de quinta-feira a domingo, sempre a partir das 19h. A programação ainda está sendo definida.

Foto: Turismo em Santos
Foto: Turismo em Santos

OUTRAS QUERMESSES EM SANTOS

Nossa Senhora Aparecida
Quando: A partir de 3 de junho, após a missa de sábado (19h30) e de domingo (18h).
Onde: Av. Afonso Pena, 614, Aparecida.

Sagrado Coração de Jesus
Quando: De 10 de junho a 9 de julho. Sábados, às 19 horas, e domingos, a partir das 18h.
Onde: Av. Bartolomeu de Gusmão, 114, Aparecida.

Santa Margarida Maria
Quando: Todos fins de semana de junho, a partir das 20h.
Onde: Praça Júlio Dantas, 45, Santa Maria.

São Benedito
Quando: De 17 de junho a 2 de julho, aos sábados e domingos, a partir das 20h.
Onde: No Centro Comunitário, próximo à igreja, à Av. Afonso Pena, 360, Macuco.

São Paulo Apóstolo
Quando: De 10 a 18 de junho, aos sábados, às 18h, e domingos, às 20h.
Onde: Rua Dr. Gaspar Ricardo, 226, José Menino.

São Tiago Apóstolo
Quando: De 8 a 23 de julho, aos sábados e domingos, a partir das 19h.
Onde: Na frente da igreja, à Rua Itanhaém, 274, Chico de Paula.

Conheça aqui 25 museus que valem a visita na região

Feriado em Guarujá

Atravessar de barca até a Fortaleza da Barra Grande

Este é um passeio que une história, contemplação e um cenário indescritível. A Fortaleza fica entre a Praia do Góes e a Praia de Santa Cruz dos Navegantes, e foi construída em 1584. Além da arquitetura imponente e da belíssima vista da orla de Santos, possui uma capela, e se você der sorte, vão encontrar o monitor Ivan Di Ferraz, que conta toda a história da Fortaleza em cordel. Dá pra pegar a barquinha na ponte Edgar Perdigão, em Santos, com saídas frequentes. Funciona de quarta a sábado, das 9h às 17h e domingo, das 9h às 14h, com entrada gratuita (só paga a travessia de barca, que é bem baratinha). Já falamos da Fortaleza e de outros museus da região aqui.

Mergulho com tubarões no Acquamundo

Também vale um pulo no Guarujá, para conhecer o Acquamundo, com cerca de 250 espécies, mais de quatro mil animais e 1.400.000 litros de água. Entre os destaques, o lobo marinho Lobinho, que se exibe em um tanque só dele; 20 pinguins de Magalhães, seis jacarés do Pantanal; uma cobra piton; a esquisita tartaruga mordedora, que sobreviveu à extinção dos dinossauros e lagarto africano. No tanque Oceano os corajosos podem passar de 30 a 40 minutos com oito tubarões-lixa, sete raias e uma tartaruga-verde (por R$ 300). A inscrição inclui uma aula preparatória. No setor de toques é possível  tocar em raias, ouriços anêmonas e estrelas. Av. Miguel Estéfano, 2001, na Enseada, em Guarujá. Das 10h às 19h, com monitoria. R$ 39 | R$ 26 (até 12 anos) | R$ 19 (idosos).

tubarao: feriado na Baixada Santista

Feriado em Bertioga

Vale uma esticada até Bertioga, para um passeio pelo Forte São João

O Forte São João proporciona uma vista linda do Canal de Bertioga e é, por si só, um rico acervo histórico. Foi a primeira fortificação construída no Brasil, em 1532, pelos portugueses e abriga um acervo curioso, incluindo a carta de batismo do Padre José de Anchieta e os votos solenes de Anchieta e Manoel da Nóbrega. Fica na Av. Vicente de Carvalho, s/n, no Parque dos Tupiniquins. Funciona todos os dias, das 9h às 17h, com entrada gratuita.

Forte São João: feriado na Baixada Santista

Feriado em São Vicente

Subida ao Morro da Asa-Delta

Para quem não têm medo de altura, vale curtir o visual deslumbrante do alto do Morro da Asa-delta e se aventurar na subida de teleférico, que parte da Praia do Itararé. O percurso dura em média 11 minutos, em uma distância de 700 metros, sendo boa parte em meio à mata atlântica. Lá em cima dá pra assistir os saltos de paraglider e asa-delta (os mais corajosos podem encaram um voo duplo)  e a boa gastronomia do Restaurante Ao Mirante (já falamos dele aqui). Av. Ayrton Senna da Silva 500, na Praia Itararé, em São Vicente. Teleférico: Das 10h às 18h, com ingressos a R$ 40 para adultos, mas moradores da Baixada Santista, com comprovante de residência, estudantes e jovens de 6 a 14 anos pagam meia, idosos acima de 60 anos e portadores de necessidades especiais, pagam R$ 15 e crianças até 6 anos não pagam. Informações: (13) 3469.7755.

AoMirante: feriado na Baixada Santista

Feriado em Praia Grande

Um dia no Portinho

Você sabia que é possível passar uma agradável tarde no Portinho, em Praia Grande? Bem ao lado da entrada da cidade e às margens do Mar Pequeno, o complexo é ponto de encontro de famílias e amigos. Aberto ao público, dispõe de quiosques de alvenaria com churrasqueiras, mesas e bancos, quadras poliesportivas, pista de motocross, playground, além de um restaurante, um píer de pesca e estacionamento gratuito. Instalado em meio à mata atlântica e cercado pelo manguezal, o Portinho é um lugar propício para os amantes da natureza. A agência Caiçara Expedições opera um roteiro de Canoagem Ecológica com duração de duas horas, em meio ao manguezal para contemplação deste ecossistema, com flora e fauna riquíssimas. O acesso ao Portinho é gratuito, pela Rua Paulo Sérgio Garcia, junto à entrada da Cidade.

Portinho Praia Grande: feriado na Baixada Santista

Feriado em Mongaguá

Parque Ecológico A Tribuna

O visitante passeia pelos seus 15 mil m² observando e aprendendo em cada espaço com diferentes animais. Atualmente, o parque possui recinto para jabutis, um serpentário com cobras peçonhentas e não-peçonhentas, um viveiro interativo de aves, recinto de quati, jacaré, tucanos, gavião, além de 15 aquários tropicais e marinhos com peixes de diversas partes do globo.

O equipamento dispõe também de espaço destinado à educação ambiental com um acervo de conchas, sementes, pedras, areias de todas as praias do Litoral Paulista, animais conservados em formol, além de muita informação sobre os mais diferentes temas ambientais.

O parque funciona de terça a domingo, das 8 às 16 horas. Os ingressos custam R$ 3,00. Crianças menores de 7 anos e adultos maiores de 60 anos não pagam. Está localizado na Av. Governador Mário Covas Júnior, 10.410, no Balneário Plataforma.

Se não estiver frio, vale um mergulho no Poço das Antas

O Parque Turístico Umberto Salomone, mais conhecido como Poço das Antas, que fica na Rua das Cascatas s/nº, na Pedreira, é uma das principais atrações de Mongaguá, um dos pontos turísticos mais visitados. Constitui-se de uma queda-d’água que forma uma cachoeira, terminando com uma piscina de água natural. Trata-se de um recanto ecológico que dispõe de uma boa infraestrutura, com banheiro, pontes com corrimão, lanchonetes, guarita e um amplo estacionamento. Excelente lugar para banho e piquenique e para quem pretende se aventurar pelas trilhas morro acima, que levam até às cachoeiras. O local fica aberto ao público de segunda a domingo, das 9 às 17 horas. Os ingressos custam R$ 2 por pessoa, R$ 4 por moto e R$ 10 por carro.

Foto: Jonas de Morais
Foto: Jonas de Morais

Plataforma de Pesca, para os amantes da pescaria

Visitada por inúmeros turistas e munícipes, o local é um dos cenários mais bonitos e encantadores do Brasil. Instalada na cidade em 1977, é a maior plataforma pesqueira em estrutura de concreto armado avançando 400 metros mar adentro formando um ‘T’ e se lançando 86 metros para cada um dos lados. Na entrada há sanitários, local apropriado para lavagem dos pescados e apetrechos de pescas. O equipamento funciona 24 horas por dia. Os ingressos custam R$ 5, sendo que pessoas acima de 60 anos pagam R$ 2,50 e crianças de 3 a 10 anos, R$ 3. A Plataforma fica na Avenida Governador Mário Covas Júnior, 10.181, Balneário Plataforma. Falamos mais sobre ela aqui.

Morro da Padroeira

Quem estiver por Mongaguá, vale uma visita ao Morro dos Macacos, logo na entrada da cidade, onde uma estátua de Nossa Senhora Aparecida, com 15 metros de altura, recebe os visitantes. A imagem está instalada em uma trilha urbana ao pé do morro, com acesso por passarela de madeira. Para chegar até ela, sobem-se 139 degraus em meio à mata nativa e a recompensa é, além de estar junto à padroeira, uma vista deslumbrante de Mongaguá e arredores, em um deck, que está localizado a 30 metros acima do chão, de onde se pode avistar pássaros. Av. Marina, s/n (chegada pela Rodovia Padre Manoel da Nóbrega). Das 8h às 22h, com entrada gratuita

Feriado em Itanhaém

Passeio de barco pelos rios

Itanhaém é conhecida como a Amazônia Paulista, em função de possuir a segunda maior bacia hidrográfica de São Paulo e, principalmente, pelo encontro do Rio Preto com o Rio Branco, que dá origem ao Rio Itanhém. Este espetáculo atrai visitantes de todo o estado em busca de um roteiro diferente e inesquecível, também pela diversidade de fauna e flora que pode ser contemplada durante o passeio. Há embarcações que diariamente partem do píer localizado na alameda Emídio de Souza, na Praia do Sonho, em dois horários, às 9h30 e às 15h30. O roteiro é realizado com no mínimo seis pessoas e tem duas horas de duração, com aproximadamente 4,5 km de navegação, até o encontro dos rios Preto e Branco.

Itanhaem - Josy Inacio (45)

Convento Nossa Senhora da Conceição

O local que hoje abriga o Convento Nossa Senhora da Conceição, o Morro do Itaguaçu, sediou uma das primeiras edificações da história do Brasil, provavelmente no mesmo ano de fundação de ‘Conceição de Itanhaém’, em 1532. Trata-se de uma das primeiras igrejas do país e também o primeiro templo dedicado à Nossa Senhora da Conceição. Entre 1733 e 1734, o local foi ampliado pelo frei Rodrigo dos Anjos, com a construção do Convento Nossa Senhora da Conceição, erguido à frente do edifício da Igreja, do lado direito, onde suas ruínas podem ser vistas atualmente, após um grande incêndio em 1833. Desde 1916, a Igreja e as ruínas do Convento Nossa Senhora da Conceição pertencem à Diocese de Santos. Terça a domingo, das 9h às 12h e das 14h às 17h. R. Cunha Moreira, 27 – Centro. Informações: (13) 3427.7891

Feriado em Peruíbe

Aquário de Peruíbe

São 24 recintos, entre tanques, terrários, aquários e aquaterrários, com aproximadamente 80 espécies de animais, como invertebrados, peixes, anfíbios e répteis. O grande destaque está no tanque de contato, onde os visitantes podem tocar alguns animais com a orientação de monitores. O espaço abriga um minimuseu com exposição de animais taxidermizados, além de esqueletos e ossos de mamíferos marinhos. No auditório, com capacidade para 40 pessoas, são exibidos documentários a cada hora e desenhos, na sessão especial Infantil. Tem ainda um Núcleo de Educação Ambiental e uma loja temática. Segunda a sexta e domingo, das 10h às 18h e sábados e feriados, das 10h às 19h. R$ 9,00 | R$ 7,00 (crianças até 12 anos, professores e aposentados). Av. Gov. Mario Covas Jr, 204 – Praia do Centro.

Feriado em Cubatão

Visita monitorada à Unipar Carbocloro

A Unipar Carbocloro, indústria química voltada à produção de cloro-soda, em Cubatão, há 30 anos mantém o Programa Fábrica Aberta. A fábrica está aberta à visitação todos os dias do ano, 24 horas por dia, desde que seja feito agendamento prévio. A monitoria é feita por funcionários e funcionários aposentados da fábrica, que guiam os visitantes por todo o complexo industrial – uma das mais modernas plantas de cloro-soda do mundo – e também pela área verde adjacente, uma Reserva Particular do Patrimônio Natural. Saiba como fazer o agendamento aqui.

Unipar: feriado na Baixada Santista

Gostou das nossas sugestões para o feriado na região? Então compartilhe com os amigos e aproveite o feriado com sol, frio ou tempestade.

 

Post anterior

Patinação no gelo no Shopping Parque Balneário

Próximo post

Arraial do Arte resgata essência da Festa de São João

O Autor

Diego Brigido

Diego Brigido

Jornalista e bacharel em turismo, especialista em comunicação, turismo e hospitalidade.
Editor da Revista Nove Cidades.

Sem Comentários

Deixa uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *